Grávida é estuprada por vizinho e corre risco de perder bebê em MT

Uma grávida de três meses foi estuprada pelo vizinho dela, no Bairro Parque Aricá, em Cuiabá, na noite desse sábado (11), e corre o risco de perder o bebê devido às lesões sofridas, segundo a equipe médica que a atendeu. O suspeito do crime tentou fugir, mas foi localizado e preso.

A Polícia Militar informou que foi acionada pela equipe médica do Hospital Municipal de Santo Antônio do Leverger, onde a vítima deu entrada com sinais de violência sexual.

Segundo a polícia, a vítima e o marido dela contaram que estavam em um bar no Bairro Nova Esperança, uma região de chácaras na saída para Santo Antônio, junto a alguns amigos e que, ao retornarem para casa, foram acompanhados pelo suspeito.

O marido da mulher disse que dormiu assim que chegou em casa, pois havia ingerido bebida alcoólica em excesso, e que, minutos depois, foi acordado pela mulher, que estava sangrando pelas partes íntimas dizendo que havia sido estuprada pelo vizinho.

O suspeito teria tapado a boca dela com uma das mãos e colocou uma faca no pescoço dela, dizendo que se gritasse a mataria. Após o crime, o homem fugiu do local.

A grávida foi socorrida pelo marido e levada ao hospital. Segundo o médico de plantão, a vítima teve lesões nas partes íntimas e muito sangramento e, por isso, corre o risco de perder o bebê. Ela permanece hospitalizada em Santo Antônio do Leverger e deve ser encaminhada para a UPA da Morada do Ouro para realizar exames mais detalhados.

A polícia foi até a casa do suspeito, que, ao ver os militares, fugiu para uma região de mata. Tempo depois, ele foi localizado em meio a vegetação e preso.

O suspeito foi reconhecido pela vítima, bem como pelo marido dela. Ele foi encaminhado à Delegacia de Mulher.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *