Chicago fecha em alta para a Soja

Na Bolsa de Chicago, o milho fechou em alta com aumento da seca no Meio-Oeste norte-americano, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para julho23 fechou em alta de 2,29% ou $ 29,75 cents/bushel a $ 1329,50. A cotação de novembro23, a principal data negociada nos EUA, fechou em alta de 1,94%, ou $ 22,50 cents/bushel a $ 1169,00”, comenta.

“A cotação de maio24 fechou em alta de 1,57% ou $ 22,50 cents/bushel a $ 1169,00. O contrato de farelo de soja para julho fechou em alta de 2,03% ou $ 8,0 ton curta a $ 401,4 e o contrato de óleo de soja para julho fechou em alta de 3,59% ou $ 1,66/libra-peso a $ 47,86”, completa.

As duas últimas baixas abriram espaço para a cobertura de posições dos Fundos de Investimento, com as cotações abaixo de $1300 cents/bushel pela primeira vez desde janeiro de 2022. “No entanto, o fator de maior suporte de dia foi o clima. Segundo o Monitor da Seca dos EUA, subiu de 20% para 28% a proporção de terras destinadas à soja que sofrem algum grau de seca, cifra muito superior aos 10% do ano anterior. Illinois, principal estado produtor da oleaginosa, viu a proporção de solos sob seca crescer de 2,20% para 30,75% na última semana. O mercado observa de perto o clima nesse estágio do plantio. Qualquer mudança no boletim climático é capaz de mudar a tendência das commodities do dia para a noite”, indica.

“O mercado estima, antes do relatório semanal de vendas de exportação, que as encomendas de grãos da safra velha estão entre 100 mil toneladas de cancelamentos e 300 mil toneladas de novas vendas líquidas. Estima-se que as vendas de soja da safra velha cheguem a 450k MT na semana que terminou em 25/05. Os produtos variam de 175k a 500k MT para farelo e 0k a 20k MT para óleo de soja”, conclui.



Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *